Sem categoria

#jéssviaja: O que fazer em São Roque

Oii gente, tudo bom?

Tem coisa melhor do que viajar, sair da rotina, conhecer lugares inusitados e respirar novos ares? Eu adoro fazer isso e já mostrei diversas vezes por aqui que você não precisa de muita coisa para fazer viagens bem legais. Eu e o Rafa todo ano planejamos pelo menos uma viagem assim e o destino da vez foi São Roque. Quem me acompanha no Youtube e no Instagram já ta sabendo da viagem e tem acompanhado bastante nossa aventura por lá, mas agora chegou a vez de explicar melhor tudo que fizemos por lá.

São Roque é uma cidade conhecida pelos seus vinhos, mas tirando esse fato, não sabíamos nada da cidade. Eu e o Rafa não somos muito fãs de vinho, então fazer a rota do vinho não era bem o nosso objetivo, mas ficamos interessados na cidade por ser perto de SP e ter algumas atividades diferenciadas, por exemplo, o Ski Montain Park. Entretanto, é uma cidade que não tem muita informação e, tirando posts sobre rota do vinho, não encontramos quase nada! Ou seja, foi uma aventura e fomos para lá bem incertos do que encontrar/fazer. Já aviso que não é uma cidade para ir de ônibus, embora a passagem seja 20 reais. Fomos de carro dessa vez e foi a melhor coisa que fizemos pois a cidade é bem montanhosa, os pontos turísticos não ficam próximos e não tem muito movimento. Fomos no feriado prolongado do Dia do Trabalho de domingo para segunda e a cidade estava bastante deserta. Poucas pessoas na maioria dos locais, e a cidade praticamente não funciona no domingo, então não é muito fácil encontrar locais para comer.

O que visitar?

Centro Cultural Brasital

O Centro Cultural Brasital fica numa antiga fábrica téxtil e lá você encontra exposições de arte, música e dança. Além disso o local conta com biblioteca, trilha, riacho e vários locais super bonitinhos para conhecer. O acesso é livre e gratuito.

Endereço: R. Araçaí, 250 – Centro

Vinícola Góes

Mesmo que você não seja um apreciador de vinho, vale super a pena conhecer a Vinícola Góes. A Vinícola Góes é uma das maiores vinícolas da região e oferece um espaço muito legal para passar o dia com a família. Com música ao vivo, um laguinho com carpas, gramado e uma loja para degustação e compra de vinhos, a vínicola é perfeita para passar uma tarde especial. Fomos no domingo pela tarde e foi o único local que tinha bastante gente HAHAHA mas mesmo assim deu para aproveitar bastante, fazer umas comprinhas e conhecer o espaço. Fiquei encantada com a beleza do local e com a diversidade de atividades. E tudo é gratuito, então dá para ir tranquilo. Eles também oferecem uma visita guiada por 35 reais, mas infelizmente não conseguimos chegar a tempo ;(

Endereço: Estrada do Vinho, Km 9, s/n

Estação Ferroviária

Se você é daqueles que adora locações diferentonas para fazer fotos, então precisa conhecer a estação ferroviária. Uma estação desativada que mantém ainda os trens originais e espaços das antigas estações. O local é bem simples e vazio, perfeito para fazer fotos incríveis. O acesso é livre e gratuito.

Endereço: R. Eng. Gáspar Ricardo – Estacao

Ski Montain Park

Um dos pontos mais conhecidos da cidade, o Ski Montain Park é um parque radical super interessante para levar a família toda. Com tirolesa, ski, teleférico, skibunda, patinação, arvorismo e muitas outras atividades, o parque conta com uma estrutura muito interessante e vale super o passeio. Embora os preços sejam um pouco caros, o parque oferece algumas opções de passaporte. Eu e o Rafa escolhemos fazer o snowboard e em menos de 15 minutos já estávamos cansados HAHAHAHA Todas as atividades tem supervisão de técnicos e algumas contam com professores bem treinados e prontos para te ajudar com qualquer problema.

Onde Comer?

Alimentação realmente foi uma questão complicada para a gente em São Roque, pois mesmo no centro da cidade não há muitas opções. Para piorar, queríamos jantar num lugarzinho diferente no domingo, mas a cidade praticamente morre depois das 16 horas então foi bem difícil encontrar algum lugar e na internet as informações estavam bem desatualizadas. A sorte foi que encontramos o Pátio Corina que ficava pertinho do nosso hotel! O Pátio Corina é um mini shoppingzinho com algumas opções gastronomicas. Tem subway, hamburgueria, Cacau Show, Doceria, Temakeria, Cantina Italiana e mais algumas opções. É pequeno, mas salvou a gente nessa viagem pois fica aberto todos os dias e alguns locais funcionavam pela noite também.


Endereço: Av. Antonino Dias Bastos, 21, 35, 37 Centro

Tratoria Patroni

Um restaurante de culinária italiana caseira, lá você encontra opções de pizza e também pratos executivos muito bem servidos e por um preço bem razoável. Comemos um frango a milanesa com arroz e salada e pedimos batatas com parmesão como acompanhamento. Ficamos surpresos com o tamanho da porção, era muito grande e foi mais do que suficiente. Deu para aguentar até a hora do jantar tranquilamente. Pagamos 15,80 em cada porção junto com o refrigerante. Achei um preço bem razoável.

Cantina Piovanelli

Escolhemos esse restaurante para jantar a noite e achamos ele perfeito para a ocasião. Super intimista e fofinho, é um restaurante bastante simples, mas que preza pela boa comida e ótimo atendimento. Os pratos tem preços bem baratos comparados com as cantinas paulistanas. Pedi um fettuccine com molho de 4 queijos(23 reais) e o Rafa pediu um salmão ao molho de limão siciliano (47 reais). Achei um preço bem justo, entretanto as porções foram um pouquinho menores do que esperava.

Onde se Hospedar?

Hotel Cordialle

São Roque é uma cidade que não tem tantas opções de hospedagens e a maioria tem um preço bem elevado ou é bem longe. Escolhemos o Hotel Cordialle pela sua localização e por ser um preço ok em nosso orçamento. Não foi dos hotéis mais baratos que fui, mas a estrutura é muito boa. O Hotel conta com piscina, bar, sala de jogos e academia, além de um lobby super elegante. A diária saiu 335 para o casal com café da manhã incluso. O café da manhã é super bem servido e tem várias opções.

Endereço:  R. Sotero de Souza, 500 – Centro

São Roque é uma cidade bem gostosa de conhecer e super indico para quem quer fazer um bate e volta mais econômico.

Anúncios
Sem categoria

Onde me hospedei em Cumbuco

Oii gente, tudo bom?

Quem está acompanhando os episódios de Fortaleza, sabe que passei o maior perrengue em hospedagem e por isso achei melhor fazer esse post. Como Cumbuco fica numa região não tão turística do Ceará, você não encontra muitas opções de pousadas na internet. A maioria das pousadas lá são familiares e não estão em sites de hospedagem. Quando procurei na internet encontrei poucas pousadas, mas quando cheguei lá vi uma infinidade. Acabei ficado em uma incrível e super em conta. A Tropical Wind fica há 2 minutos da praia de Cumbuco e tem uma estrutura incrível. É uma pousada bem familiar e muito confortável.

A pousada fica em frente a vários quiosques na praia e 5 minutos a pé do centro de Cumbuco, então é uma ótima localização. A Pousada tem diversos espaços como terraço compartilhado, lounge, piscina, além de um terraço em frente ao quarto super lindo.

Além disso eles também disponibilizam a cozinha caso você queira preparar um almoço ou jantar na própria pousada e tem um café da manhã DIVINO! Além dos ambientes super bonitinhos e confortáveis, os donos são mega simpáticos. Conversam com os hóspedes, perguntam se estão precisando de algo e estão sempre disponíveis. Fiquei encantada com a recepção que tive por lá.

Agora vamos falar do que interessa, preço. Pagamos 155 pela diária, e conseguimos deixar as malas antes de começar a diária e postergar o check out. Achei um preço super justo para a qualidade da pousada e tudo mais.

 

 

Sem categoria

Onde comer em Fortaleza

Oii gente, tudo bom?

Hoje trago para vocês diversas dicas de lugares incríveis para comer em Fortaleza! Tem sorveteria, hamburgueria, restaurantes típicos e muita coisa gostosa viu!? Toda viagem procuro lugares típicos e exclusivos da região e em Fortaleza tem um monte deles. então para você que está pensando em visitar a cidade, vamos para algumas dicas!

Sorveteria 50 sabores

Essa é uma das sorveterias mais famosas da região e tem várias unidades espalhadas pela cidade. É a sorveteria com mais sabores que já vi na vida, por isso se chama 50 sabores. Todos os sorvetes são feitos com pedacinhos dos ingredientes e as porções são enormes. Dá para experimentar vááááários antes de escolher e é claro que aproveitei a chance. Tem muito sabor gostoso e fica até difícil decidir qual escolher.

Escolhi dois sabores: cereja e brownie de doce de leite. Reparem no tamanho desse negócio!!!!!! O potinho é enorme e realmente muito bem servido, notem que vem até pedacinhos de cereja no meio.

O Rafa escolheu na casquinha e pediu de limão e tamarindo, exótico não? HAHAHA Como não sabíamos que a porção era tão grande acabamos pedindo separado, mas uma porção dá para duas pessoas tranquilamente. Cada um custou 18 reais.

Sorveteria Trevo

Outra sorveteria amorzinho para conhecer. Sabem quem é o dono da rede Trevo?!?!?!?!?! WESLEY SAFADÃO. Sim gente, o cantor é sócio da rede e sempre está por lá (quem sabe você tem essa sorte?)

A Trevo é um lugar super amorzinho, com decoração fofa, paletes suspensos para deitar, área infantil e muita coisa gostosa. Além do ambiente ser mega Pinterest, os atendentes são bem atenciosos e simpáticos.

Lá não tem somente sorvete, mas também tem açaí por kilo (para alegria do Rafa hahaha). Lá fui mais esperta e pedi o pote menor com dois sabores: iogurte grego cm frutas vermelhas e oreo. Os sorvetes estavam deliciosos e, assim como na 50 sabores, você pode experimentar quanto quiser. O pote com dois sabores custou 12 reais.

Coco Bambu

Vou ser sincera…a experiência aqui deixou MUITO a desejar. Já falei no vlog sobre isso e realmente quero deixar claro que pode ter sido uma coincidência.

O Coco Bambu é o ícone de Fortaleza, um dos restaurantes mais conhecidos da região e queríamos ir lá para experimentar mais da culinária típica do local. A comida realmente é sensacional, com opções bem variadas de peixe, carnes e massas além dos pratos tradicionais. Entretanto, o atendimento é realmente péssimo. Com atendentes mal educados e deixando claro que você precisa comer rápido para vagar a mesa, você sai de lá se sentindo mal.

As porções são bem servidas, pedimos uma carne de sol sertaneja que teoricamente daria para duas pessoas, mas com certeza é um prato que dá para três pessoas ou até quatro. Muito bem servido e acompanha a macaxeira frita. De entrada pedimos um camarão recheado com catupiry que, embora venha uma quantidade pequena, estava muito gostoso.

O preço é meio salgado comparado com outros restaurantes e não muda muito do preço do Coco Bambu fora de Fortaleza, pagamos 130 com entrada, prato principal e bebidas.

Porpinos

Essa hamburgueria é o novo point de Fortaleza e tudo por conta de uma Treta que teve por lá. O lugar é super bonitinho, no estilo industrial de algumas hamburguerias paulistanas, mas os lanches são um pouco diferentes.

Tem várias opções legais, além das entradas tradicionais de batata frita e onion rings. Pedimos uma porção de batatas que vem com dois molhinhos deliciosos e também pedimos dois lanches para dividir (e experimentar mais do cardápio): o primeiro lanche era com um molho de gorgonzola bem gostoso e o segundo tinha bacon e uma maionese diferente. Os dois estavam muito bons, mas peça a carne bem passada, pedimos ao ponto e a carne veio beeeem vermelha ainda.

O preço é bem parecido com os preços das hamburguerias em SP. Os lanches custam por volta de 20 reais e os sucos em torno de 10 reais.

Sem categoria

Conhecendo Cumbuco

Oii gente, tudo bom?

Na minha viagem para Fortaleza optei por conhecer somente uma praia fora da cidade, Cumbuco. Ao planejar a viagem, pensava que as melhores praias ficavam na própria capital, entretanto, as praias que mais ouvimos falar e que vemos as fotos incríveis ficam em cidades fora de Fortaleza, e algumas MUITO longe como Jeri. Tenho muita vontade de conhecer Jericoacara, entretanto quando fomos planejar vimos que é bem longe (290 km de Fortaleza) e além disso os preços eram exorbitantes, mas não é só Jeri que tem suas beleza e Cumbuco foi uma escolha perfeita.

Cumbuco fica na cidade de Caucaia, vizinha de Fortaleza e em apenas 2 a 3 horas você já está na cidade. Uma coisa que você precisa prestar atenção é ver se sua pousada ou hospedagem É na praia de Cumbuco. Lá eles costumam chamar a região de Cumbuco, entretanto só a praia de Cumbuco que realmente vale a pena. Tive um pequeno problema com isso que contei NESSE VLOG. O centro de Cumbuco fica na praia de Cumbuco e se você não se hospedar perto pode ter problemas para encontrar onde comer ou os passeios. Agora a pergunta que fica é, o que tem por lá?

Cumbuco é um lugar lindo e durante semana fica razoavelmente vazio, então realmente é uma praia paradisíaca e deserta. Em Cumbuco, assim como em Fortaleza, existem vários quiosques que são verdadeiras áreas de lazer. Com piscina, lounges, barzinho, áreas para tomar sol tudo isso grátis ou consumindo X no local. Fomos em dois quiosques diferentes e incríveis.

Quiosque Vila Coqueiros

Pensa num lugar lindo, com boa música e perfeito para fazer fotos incríveis! Esse quiosque fica junto da pousada e lá você tem esses lounges bem legais para ficar, uma piscina incrível e sempre tem música. Como estava vazio eles não colocaram taxa de consumação, mas se estiver um pouco cheio é pedido uma taxa de por volta 30 reais. Essa taxa é mais para ficar nesse lounge ou usar a piscina, mas eles também tem uma área com mesinhas que não paga taxa.

Além do lugar incrível, as porções e bebidas são super bem servidas e razoavelmente baratas (comparadas com o padrão paulista). Pedimos uma porção de batata frita por 14 reais e sucos por 8 a 10 reais. Os sucos são naturais com várias combinações legais.

Esse espaço fica de frente para a praia, e você pode ficar nos lounges ou então na areia e aproveitar a praia também.

Rua A , 1ere Etapa Cumbuco,

Aldeia Terra Brasilis

No final de semana voltamos para Cumbuco e ficamos nesse quiosque. Como estava mais cheio então teve que pagar uma pequena taxa para usar a piscina, a taxa foi 30 reais por mesa e com isso tivemos direito a 5 pulseiras de acesso para a piscina. A piscina era bem gostosa, de frente para a praia e tinha a parte das crianças e a parte dos adultos. Nesse quiosque as coisas são um pouco mais barata que no anterior, sucos por 5 reais e a porção de batata por 12.


Aqui também tinha música tocando e além da piscina tinha umas tendas de palha bem bonitinhas.

Av. dos Coqueiros, 2340

Em Cumbuco tem diversas opções de passeios e atividades. Além dos quiosquer ainda tem passeio de buggy, passeio de jangada, andar de cavalo pela praia, aula de kite surf e passeio de quadriciclo.

Passeio de buggy

Escolhemos pelo buggy para conhecer as Dunas de Cumbuco e foi um passeio incrível. Eu estava meio cética com relação a andar de buggy, mas com certeza foi um dos passeios mais legais. O passeio é longo e você passa por diversos locais, além de ter parada para fotos.

O passeio começa pelas Dunas e você pode pedir com emoção e sem emoção (pelo preço que paguei era óbvio que pedi com emoção). As dunas são lindas e é realmente muita adrenalina, mas tudo com segurança. Em nenhum momento me senti insegura ou achei que ia cair. Depois das Dunas paramos em Águas Cristalinas que é uma barraca com comida e algumas atividades como toboágua, skibunda e tiroleza. O preço dessas atividades não está inclusa no passeio, o buggueiro (como é chamado o moço que drige) vai até lá e você fica livre para fazer o que quiser e pelo tempo que quiser. As atividades são até que baratas, custam 20 reais por pessoa para você descer quantas vezes quiser, no começo achei que ia ficar horas lá, mas acredite, na quinta vez você já está cansado de subir as dunas HAHAHA

Escolhemos o toboágua e foi muito interessante, você desce as Dunas com uma prancha e cai direto no rio. Depois dessa parada, continuamos pelas dunas e fizemos a parada para fotos. Nessa parada também não tem tempo máximo e você pode ficar horas lá tirando fotos e aproveitando a paisagem. Por fim, fomos até a baía do Cauipe, um local onde de uma lado tem o rio e do outro o mar. É um local bem bonito e dá para tomar banho de rio e de mar. Na volta, voltamos pelo litoral em alta velocidade e aproveitamos bastante o vento na cara HAHAHA

Sobre o preço…é meio salgado. O segredo é negociar, no começo o buggueiro queria cobrar 300 reais para o casal, mas negociamos bastante e conseguimos por 120. No final o preço valeu super a pena e foi um passeio que durou quase a tarde toda. Uma coisa importante é ficar ligado se o buggy tem registro, pois lá tem vários buggys e inicialmente é dificil entender qual é o certo HAHAHA

Onde comer…

Esse talvez foi nosso maior perrengue na viagem (difícil saber porque tivemos muitos lá HAHAHA). Por ser uma cidade mais deserta, os locais fecham cedo e no jantar só o centro está funcionando. No almoço comemos nos quiosques e foi lindo pois todo lugar tinha algum morador e tal, porém depois das 18 os locais fecham e somente o centro fica aberto.

Como fomos no meio da semana, a praia também estava mega deserta e fomos andando a esmo até chegar ao centro e encontrar a civilização HAHA

No centro tem várias opções variadas desde pizza, massa até comidas típicas e internacionais. São diversos restaurantes ao longo do quarteirão e com preços bem variados. Escolhemos por um restaurante chamado Exil que serve comida alemão (sim, fui até Fortaleza para finalmente provar a culinária alemã). O local era super bonitinho com bancos de madeira e mesões, além disso os atendentes eram bem simpáticos e o chefe veio pessoalmente nos desejar bom apetite!

A comida estava deliciosa, pedimos um lombo suíno com molho de limão, sala de repolho e uma batata com bacon, pratos tipicamente alemães. O prato era super bem servido e um só dá para duas pessoas. Todo esse prato custou 34 reais, achei um preço bem justo para a quantidade que vem.

Também comemos caranguejo lá na Aldeia Terra Brasilis. A porção vem com 2 caranguejos num prato com bastante molho e também vem uma farofinha. A porção custou 16 reais.


E foi isso nossa aventura em Cumbuco. Mostrei mais no vlog lá no canal, então corre lá para saber mais. Achei que valei super a pena e que é um lugar incrível para conhecer, bonito tanto quanto outras praias e muito mais em conta 😉

Sem categoria

Jéss Viaja: Lugares para visitar em Fortaleza

Oii gente, tudo bom?

Chegou a hora de contar mais para vocês da minha última viagem! Quem me acompanha lá no instagram e no youtube já viu que teve foto, stories, destaques, vlog e é claro que vai ter muito post sim!!! Tenho várias dicas de comidas, praias, hospedagem e resolvi começar contando os lugares que eu acho que valem a pena conhecer por lá.

Passei 7 dias lá, o que inicialmente parecia um tempo razoável para conhecer a cidade e tudo mais, mas acreditem, foi pouco. Fortaleza é uma cidade que tem muita coisa legal para fazer: museus, restaurantes, praias e mais alguns passeios específicos da região. Além disso, perto de Fortaleza também tem várias cidades e praias incríveis e com isso uma semana se torna muito pouco para conhecer tudo. Dessa vez focamos em Fortaleza mesmo e em uma praia chamada Cumbuco que fica na cidade vizinha (mas terá um post especial para ela). Mesmo com pouco tempo, aproveitamos para ver bastante da cidade e hoje vou indicar para vocês os lugares que valem a pena conhecer.

Praia de Iracema

Uma das principais praias de Fortaleza, a praia de Iracema é uma ótima opção para conhecer uma praia diferente. Lá tem vários “píers” que seriam pontes para que a água do mar não venha com muita força, pedras e uma areia mais granulada. A praia é bem gostosa de ficar e muito frequentada pelo público jovem, não é por acaso que ela é conhecida como a praia dos crushes HAHAHA

Ponte dos Ingleses

Próximo a praia de Iracema, é uma das pontes mais famosas de Fortaleza. Recebeu esse nome pois sua construção foi feita por ingleses. Ela é enorme e tem algumas casinhas no meio, é um lugar com uma vista maravilhosa e o pôr do sol fica incrível!

Rua dos Tabajaras, 325 – Beira Mar

Gratuito

Feirinha de artesanato

Localizado a Beira mar é uma feirinha gigante que vende de tudo: roupas, biquinis, conchas, calçados, bolsas, jalecos, comidas, chaveiros, lembrancinhas. É um lugar muito legal para ir conhecer um pouco da arte local e trazer uns presentinhos pra casa. Os preços são bem em conta, comprei conchas por 10 reais e as saídas de praia estavam por volta de 40 a 60, mas tinha algumas de 20 reais!

Av. Beira Mar, s/n – Meireles

Horário de funcionamento: 17:00-22:00

Beach Park

Inicialmente era o passeio que estava mais receosa e por vários motivos:

  1. não sei nadar
  2.  preço
  3. nunca havia ido em um tobogã

Mas no final foi um dos melhores passeios. O Beach Park é um dos cartões postais de Fortaleza e vale super a pena. Você passa o dia inteirinho se divertindo e mesmo que não saiba nadar, tem muitas atrações com bóias ou descidas no raso. De 18 brinquedos consegui ir em 9, achei um número bem razoável.

O único problema é o preço do ingresso e eles são bem chatos para dar meia entrada. Uma dica, leve todos os documentos impressos, carteirinha ese for de SP, leve o bilhete único do estudante e valide nesse site. Mesmo levando atestado de matrícula, carteirinha da USP, carteirinha da UNE tivemos que entrar no site da UNE para mostrar que estava valendo e.e

 Rua Porto das Dunas, 2734 – Porto das Dunas

Horário de Funcionamento: 11:00-17:00

Preço: 220 (inteira)

Dragão do Mar

Outro lugar que vale mega a pena conhecer. Se você tem poucos dias na cidade e precisa escolher poucos passeios, sugiro colocá-lo na lista. O Dragão do Mar é um espaço gigante que concentra teatro, cinema, museus, planetário, parquinho, área verde, auditório e biblioteca. Tudo isso de forma gratuita, então é super legal a proposta.

Além disso conta bastante da cultura cearense e tem vários grafites espalhados mostrando paisagens cotidianas do cenário nordestino.

R. Dragão do Mar, 81 – Praia de Iracema

Horário de Funcionamento: 8:00-22:00

Mercado Central

Um lugar incrível para conhecer mais do artesanato. Lá você encontra as mesmas coisas da feirinha só que em mais quantidade. São 5 andares e mais de 500 boxes vendendo roupas, calçados, artesanato, conchas e doces. É um lugar muito interessante de conhecer e você fica passeando durante horas. Lá perto você também encontra alguns locais que vendem queijos e outras comidas típicas.

Av. Alberto Nepomuceno, 199 – Centro

Horário de Funcionamento: 8:00-18:00 (finais de semana tem horário diferenciado)

Theatro José de Alencar

Um ícone da cidade, o Theatro José de Alencar vale a pena nem que seja só para entrar e dar uma olhadinha da recepção mesmo. Tivemos a sorte de fazer a visita guiada e foi maravilhoso. Pudemos olhar o teatro inteiro, ver os andares, tirar fotos na sacada e ainda conhecer o salão nobre. Foi bem incrível e o mais legal é que até hoje rolam algumas peças por lá, então vale a pena assistir.

 R. Liberato Barroso, 525 – Centro

Horário de funcionamento:  terça a quinta, das 9h às 22h; sábado, domingo e feriados, das 14h às 22h

Entrada: 6 reais (inteira)

Museu da Fotografia

Esse museu foi inaugurado em março do ano passado e está bombando. Se você gosta de fotografia, então vai se apaixonar. No momento está rolando uma exposição bem legal de fotojornalismo nos conflitos da Síria, muito interessante ver através dos olhos do fotógrafo os momentos e dificuldades da guerra. Além disso, lá tem um projeto incrível com as crianças da cidade em que elas fotografam seu cotidiano e depois expõem no próprio museu. Fiquei encantada de conhecer a cidade pelos olhos de meninos e menos de 8 a 15 anos.

R. Frederico Borges, 545 – Varjota

Horário de funcionamento: 12:00-17:00 (segunda e terça não abre)

Entrada: 10 reais (inteira)

Passeio de veleiro

Esse foi um passeio que ainda estou dividida se gostei ou não HAHAHA. Antes de ir, achava que o veleiro seria o ponto alto da viagem e estava colocando bastante expectativa nele. Nunca tinha andado num barco e imaginava que seria algo super aventureiro, rápido e cheio de adrenalina…SQN. O passeio é bem devagar e dura 2 horas. Você conhece bastante da cidade como os navios naufragados, o estaleiro da marinha, o porto e também tem parada para banho. Fomos no final da tarde e o pôr do sol foi incrível!

Av. Beira Mar, 4293 – Mucuripe

Horário Funcionamento: 10:00:16:30

Preço: 50 reais