Trend Alert! tudo que aconteceu no terceiro dia da Casa de Criadores

Oi galera, tudo bom com vocês?

Essa semana tá rolando a 42ª edição da Casa de Criadores. Para quem não sabe, a Casa de Criadores é um evento que lança novos estilistas ao mundo da moda. O objetivo principal é criar um espaço que permitisse a estes estilistas uma proximidade maior com o mercado da moda brasileira. Quem me acompanha no stories, já viu que eu fui convidada a acompanhar esse terceiro dia de pertinho. Nunca tinha ido em um desfile e foi uma experiência incrível! Gente talentosa, muita criatividade e representatividade. Então para quem ficou curioso, separei um post exclusivo para falar dos desfiles da noite!

Diego Gama

Para sua estreia solo na Casa de Criadores, a marca diegogama levanta questionamentos sobre o modo que nos relacionamos e como as maneiras que interagimos são constantemente ressignificadas. Foi algo muito conceitual, o desfile começou com pessoas nuas entrando lentamente, sons de madeira queimando e até cheiro de queimado!

Este slideshow necessita de JavaScript.

A coleção, intitulada SOBNÓS, propõe uma quebra de regras pré-estabelecidas nas questões estéticas e sociais a fim de desmistificar o estado de vulnerabilidade como sinônimo de fraqueza. Texturas que remetem a pedra, terra e chão permeiam a coleção, quase como se houvesse uma busca por estabilidade em tempos em que a modernidade líquida de Bauman é tão (necessariamente) falada. Os relevos se modificam ao longo dos 12 looks desfilados, e assim como qualquer relacionamento, apresentam desde um suede confortável ao toque até vestimentas em pedra e tecidos desgastados.

Rocio Canvas

Com cores escuras e mix de texturas, a coleção faz referência ao design de produto e à arquitetura de interior. O azul petróleo em tecidos brilhosos, finos e texturizados junto com a mistura de materiais plásticos deram um toque encantador a coleção. Sem contar as peças em tons de preto e branco que ficaram um arraso!

Este slideshow necessita de JavaScript.

O foco na modelagem, verdadeira obsessão para Malicheski, traz nervuras, recortes e vieses que ajudam a emoldurar o corpo. A alfaiataria mole em tecido plano e malha é outro destaque que permite ao criador trabalhar um oversizedcontemporâneo e hiperconfortável. A cartela de cores dos dez looks a serem apresentados na Casa de Criadores é austera, traz azul marinho, off white, preto, verde militar e tons de cinza. Pela primeira vez, Diego assina também os acessórios do desfile. A linha Granite em acrílico estampado apresenta peças agigantadas, porém minimalistas.

Senplo

A senplo veio mostrar que o monocromático também é muito estiloso, com a ambição de desenvolver um estilo, relacionado a uma elegância despojada, equilibrada e confortável com inspiração na conexão entre a cidade e a praia. A coleção da Senplo traz uma estética atemporal e investe na modelagem ampla, proporções diferenciadas e tecidos texturizados, além de uma cartela de cores mais enxuta e que preza pelo monocromático.

Este slideshow necessita de JavaScript.

“Caminho pela cidade sem a pretensão de chegar a algum lugar, apenas me envolvo com a atmosfera… as sombras dos aranha céus em contraste com o vento fresco das árvores remexendo com vigor, o barulho do trânsito, das pessoas com seu caminhar apressado e o som do mar encontrando as pedras no outro lado da avenida.”

Weider Silveiro

Intitulada “Rolê”, a coleção de Inverno 18 de Weider Silveiro é sobre tudo e todos que o fizeram se sentir em casa, em meio ao centro de São Paulo. A estética urbana dos prédios contracena com as referências de streetstyle presentes nos looks. Nos looks, cores vibrantes, vinil e nomes de ruas e pontos turísticos estampados.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A cartela de cores permeia em tons de cinza, preto e um tom de vermelho apagado. Nos pés destacam-se botas over-the-knee, bico fino e meia pata. O látex chama atenção, assim como a padronagem xadrez e as ombreiras destacadas.

Rafael Caetano

O estilista Rafael Caetano já conhecido por seu trabalho  cultura queer, inspirou-se no time de futebol gay Unicorns para criar uma coleção cheia de diversidade e brilho. A cartela de cores permeia o lilás e rosa em contraste com preto, além de muitas lantejoulas em um contexto que é a cara de São Paulo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Os looks são extremamente urbanos, com um styling repleto de bonés, chuteiras e sobreposições de biquines. Dentre os materiais destacam-se o tule bordado, veludo e muito paetê.

Another Place

Dando continuidade a série de peças inspiradas nos sentidos, desta vez a Another Place usa como referência estes tempos de retrocesso que a sociedade está vivendo, como a luta de gênero, a censura nas artes, a repressão religiosa, entre outras. Open You Heart traz para o público um pedido, uma motivação: abrir o coração e ser o que somos. É desta forma, acredita a ANP, que se conseguirá reverter o momento atual em algo positivo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Toda essa vontade se traduz em peças que possuem recortes, mostrando o interior de cada um. A marca utiliza, pela primeira vez, uma estampa – um militar multicolorido – mostrando que lutar pode e deve ser divertido, sem armas e com verdades. Além disso, aposta também numa cartela de cores vibrante.

Fala sério, já dá para ver que o inverno será maravilhoso!

 

 

Anúncios

Sobre Jéssica Trindade E Marques

Jéssica Trindade E Marques, 23 anos, Paulista. Estudante de Letras pela Universidade de São Paulo, apaixonada por moda, beleza, cultura, gastronomia, e claro....livros!
Esse post foi publicado em Moda. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s