Clube do livro: O que há de estranho em mim, de Gayle Forman

Olá galera, tudo bom? 🙂

Já perceberam que quando eu gosto de um autor eu não canso de ler né?! Comecei a ler Gayle Forman há cerca de um ano, com Se eu ficar. No começo fui totalmente cética e não botei muita fé no livro, achava que seria só mais uma historinha adolescente clichê, mas me surpreendi e comecei a procurar outros títulos ainda melhores dela. Se você curtiu Se eu ficar, então com certeza tem que procurar outros livros dela para ler, já fiz resenha de alguns por aqui 😉

O_QUE_HA_DE_ESTRANHO_EM_MIM_1449881330541218SK1449881330B.jpg

O que há de estranho em mim foi um dos últimos lançamentos da autora, e a sinopse já me chamou a atenção. Para quem não sabe, Gayle sempre traz em seus livros alguma situação problemática que ignoramos em nosso cotidiano mas que são super sérias. Depois de trazer o suicídio como tema de livro, agora ela traz as clínicas de reabilitação e pais relapsos para o centro da obra. A sinopse diz: ” Ao internar a filha numa clínica, o pai de Brit acredita que está ajudando a menina, mas a verdade é que o lugar só lhe faz mal. Aos 16 anos, ela se vê diante de um duvidoso método de terapia, que inclui xingar as outras jovens e dedurar as infrações alheias para ganhar a liberdade.”. Gayle descreve com perfeição este método totalmente agressivo de terapia.

Junto com Britt, o leitor também passa do isolamento as alianças amigáveis para mostrar ao mundo a crueldade do lugar. As descrições são feitas de forma muito sentimental e você consegue entender perfeitamente o sentimento destas meninas que não passam de adolescentes cheia de hormônios em busca de descobrirem quem são.

Assim como os outros livros de Gayle, o final não é muito diferente do clichê, mas sua “carta ao leitor” no final do livro sempre mexe com a gente né?! No final do livro, Gayle dá uma explicação clara  e direta de qual foi sua inspiração para desenvolver o enredo, e é ainda mais arrepiante saber de onde vêm sua inspiração. Britt e suas amigas não são personagens, são garotas reais que enfrentaram clínicas abusivas tanto quanto a descrita no livro. Isso realmente faz a gente pensar em coisas que normalmente não tomamos conhecimento em nosso dia a dia, acho muito legal este modo de escrita dela que sempre nos deixa refletindo e em choque com tudo que acabamos de ler, dá outra visão a todo o enredo!

Espero que tenham gostado da dica e que aproveitem muito esta leitura, tenho certeza que vocês vão ficar surpresos tanto quanto eu fiquei. 😉

Anúncios

Sobre Jéssica Trindade E Marques

Jéssica Trindade E Marques, 23 anos, Paulista. Estudante de Letras pela Universidade de São Paulo, apaixonada por moda, beleza, cultura, gastronomia, e claro....livros!
Esse post foi publicado em Clube do Livro. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Clube do livro: O que há de estranho em mim, de Gayle Forman

  1. Malu Silva disse:

    Eu to louca por esse livro, não vejo a hora de ler! ❤

    http://www.malusilva.com.br

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s