On the Road! Campos do Jordão

Olá galera, tudo bem? 🙂

Tem coisa mais legal do que viajar, conhecer lugares novos e sair um pouco da rotina?! Eu sou apaixonada por conhecer lugares novos e há muito tempo estava interessada em conhecer Campos do Jordão. Quando via as fotos de Campos sempre ficava encantada com as paisagens e apesar de não ser uma grande entusiasta do frio, o lugar realmente me interessava muito.Para quem me acompanha no Instagram e no Snapchat(jesstmarques) viu que este foi meu destino no último final de semana.  E claro que não poderia deixar de contar para vocês como foi a viagem.

Aproveitamos o aniversário do Rafa para esta viagem e fizemos um bate e volta. Como só iríamos passar uma noite, decidimos levar apenas a mochilas de costas….sim, consegui viajar com somente uma mala de costas. Claro que para isso vocês podem imaginar como foi organizar tudo e como tive que me conter muito para não levar tanta tralha, mas no final deu tudo certo!

20160514_063831

4:30 da manhã do sábado lá estávamos nós  acordando para ir para a Rodoviária, até agora não acredito que vimos o sol nascer! O caminho é um pouco longo e demora cerca de 3 horas para chegar em Campos. Lá estava friozinho e claro que eu já estava encapotada como se fosse nevar HAHAHAHA. Logo que chegamos parecíamos dois turistas bobos e encatados tirando foto de tudo (até do trilho do bondinho). Logo que chegamos fomos à dois museus que eram próximos da Rodoviária: a Fábrica de Chocolates Araucária e o Museu de Xilogravura.

20160514_091122

Como uma boa chocólatra que sou, estava super curiosa para ver a fábrica de chocolates, mas foi um pouco decepcionante. Achei que iria entrar no mundo de Willy Wonka onde tudo é de chocolate e tudo cheira chocolate, mas não foi bem assim. A fábrica é bem legal e você consegue ver os funcionários trabalhando,mas não tem uma explicação do que eles estão fazendo então você fica meio sem entender muito bem. Lá também conta um pouquinho da história do chocolate, porém de forma bem resumida em uma pequena sala. Achei que fosse um passeio mais longo, mas é bem rapidinho. Mesmo assim não deixa de ser divertido e vale a pena dar um pulinho lá se estiver pela cidade.

20160514_094417

20160514_100957

Sobre o Museu de Xilogravura foi uma enorme surpresa e acho que vou levar as lembranças daquele lugar para a vida. Não estava TÃO ansiosa para ele, decidimos ir pois como sabem adoramos museus e porque ficava na rua de trás da Fábrica de Chocolates, então queríamos unir o útil ao agradável. Acreditem, o passeio vale SUPER a pena. O museu conta a história da Xilogravura, mas não só. Ao todo são 30 salas contando desde o nascimento das primeiras xilogravuras até a origem da escrita, datilografia e impressão digital. Diferente de muitos museus, você não fica apenas vendo obras de arte como também os aparelhos, ateliê, ferramentas e até literatura de cordel! Além de ter um acervo incrível, a história do museu é bem emocionante e começou tudo com uma pequena coleção pessoal de Antônio Costella. Todas as salas são bem explicadas e alguns textos são do próprio Costella. Vale muito a pena conhecer a história do museu, da editora Mantiqueira( e do mascote Chiquinho), o mais incrível é que a saída do museu encontramos com o Antônio Costella! Não tivemos coragem de conversar com ele, mas ficamos olhando de longe e ele parecia super simpático e humilde conversando com os funcionários pela rua.

Como ainda não estávamos acostumados com a cidade e queríamos conhecer não só o point turístico como o resto, ficamos passeando pelo centro comercial de Campos e foi bem legal conhecer além de Capivari. De tarde finalmente fomos para o Centro e tomamos um susto quando vimos o quão cheio estava aquilo. Por ser um final de semana qualquer de maio, achamos que iria estar relativamente vazio, mas estava bem cheio. Este final de semana rolou dois eventos importantes para o mundo dos esportes por lá: o Beer Run e uma corrida de bicicleta. Não me pergunte detalhes, porque só vi um monte de gente correndo com copos de cerveja HAHAHAAHA.

20160514_103640

20160514_104956

No sábado a tarde reservamos para passear pelo centrinho(e entrar em todas as lojinhas que tinha por ali). Além disso aproveitamos para dar uma sondada em tudo e logo já estávamos familiarizados com o lugar. O bom de ir sem carro para Campos é esta liberdade de poder entrar em todas as lojinhas, galerias(que tem MUITAS) e poder ir para cima e para baixo sem se preocupar. De tarde  deu uma esquentadinha e estava  sol,  até acabamos tirando os casacos e deixando no hotel(e que mais tarde nos arrependemos muito).

20160514_150217

No final da tarde queríamos ver o pôr do sol do teleférico. Eu nunca tinha andado de teleférico e não sou muito de ir em lugares altos. Sou aquela pessoa que nunca andou de montanha russa e o mais alto que chega é no barco viking, então imaginem como estava com medo. Neste passeio tivemos sorte porque fomos um pouquinho mais cedo e não sabíamos que fechava as 17 horas, então foi meio corrido. As pessoas estavam super relaxadas, tirando selfies lá do alto e tals, enquanto eu não tirei meu  celular da bolsa e não descolei a mão da barra de segurança. Apesar de lá embaixo estar relativamente quentinho e tudo mais, o caminho do teleférico e o Morro do Elefante estava geladíssimo! Próximo das 17 horas a temperatura despencou, de 16ºC fomos para 10ºC. A vista do morro é maravilhosa e vale todo o passeio, não tenho palavras para descrever como é estar lá do alto vendo esta beleza. A descida foi mais tranquila e consegui até sorrir para fazer selfie HAHAHAHA.

IMG-20160514-WA0032.jpg

IMG-20160514-WA0045

De noite a temperatura já tinha caído muito, mas mesmo assim deu para aproveitar bastante. Tivemos um jantar SUPER especial com direito a rodízio de fondue, petit gateau de aniversário e vinho. O centro de Capivari de noite cheira lenha e a diferença de temperatura da rua para os restaurantes é enorme. Ficamos em uma espécie de terraço no restaurante, aberto nas laterais e mesmo assim o aquecedor do lugar era tão potente que deixava tudo aconchegante. No final da noite resolvemos nos aventurar pelo centrinho e com os 6ºC que estava, só um chocolate quente para espantar o frio.

IMG-20160516-WA0001[1]

20160514_225001

No domingo também pulamos cedo da cama e fomos nos aventurar pelo Horto Florestal. Este também é um passeio que super recomendo e que apesar de longe do centro vale muito a pena. Sou apaixonada por parques e horto, e sempre vou no Horto Florestal aqui de São Paulo, mas depois de conhecer o Horto Florestal de Campos do Jordão nada será igual. O lugar é gigantesco e equivale a 11 mil estádios de futebol, ficamos ali por horas e não foi o suficiente para conhecer tudo. Lá dentro tem um trenzinho que passa por vários pontos dentro do Horto e claro que fomos andar de trem HAHAHAHA, o guia era muito simpático e contou histórias super legais sobre a Araucária, o Horto e Campos do Jordão, além das várias histórias você ainda passa por um lago de Ninféias(igual aquele do quadro de Monet), um lago de carpas e até uma ponte pensil. Dá para ficar o dia inteiro aproveitando a beleza do parque e o mais legal é que se você for cedinho não fica tão lotado e  consegue tirar ótimas fotos.

20160515_115734

20160515_113904

20160515_110130

Para terminar a viagem comemos em um lugar que nos chamou a atenção desde que chegamos, a Pizza ao Quadrado. Vocês não fazem ideia do cheiro do lugar! Estávamos super curiosos e com água na boca de experimentar a tal pizza quadrada, e que delícia era aquilo. Vou fazer um protesto para ter Pizza ao Quadrado aqui em SP HAHAHAHA e acreditem, esse negocinho enche viu?! Comemos duas e saímos rolando do lugar.

20160515_133337[1].jpg

Como podem ver a viagem foi incrível e eu estava louca para contar para vocês! Espero que tenham gostado deste pequeno diário de viagem, depois volto aqui para contar mais para vocês e dar uma dicas valiosas de como ir para Campos sem gastar uma fortuna. Recomendo super o passeio e apesar de ter sido um bate e volta foi inesquecível. Quem tiver a fim de ir e conhecer, não hesite. Faça um orçamento, economize dinheiro e acredite, tudo vai valer a pena por cada centavo investido. São essas pequenas coisas, momentos, vistas, lembranças que fazem tudo valer a pena. Nossa despedida foi com este por do sol incrível e digno de muitas fotos!

20160515_172822

 

Anúncios

Sobre Jéssica Trindade E Marques

Jéssica Trindade E Marques, 23 anos, Paulista. Estudante de Letras pela Universidade de São Paulo, apaixonada por moda, beleza, cultura, gastronomia, e claro....livros!
Esse post foi publicado em Gastronomia. Bookmark o link permanente.

18 respostas para On the Road! Campos do Jordão

  1. Gabrielli Mendes disse:

    Simplesmente AMEI o post, as dicas, as fotos! Quero viajar para Campos e as suas dicas estão me ajudando muuuito! ❤

    Curtir

  2. gabiassis18 disse:

    Essa cidade é muito gostosa e romântica, só acho um pouquinho cara.

    Curtir

  3. Fernanda FQS disse:

    Adorei o post! Fui uma vez à Campos do Jordão apenas para almoçar e não tive a oportunidade de ir nos museus, mas com as suas dicas vou deixar anotado no caderninho de viagens! Obrigada!

    Curtir

  4. Vanessa Orfao disse:

    Amo Campos de Jordão, uma cidade encantadora, né? Vi vários lugares que não passei e adorei as dicas 🙂

    Curtir

  5. Eu amo Campos do Jordão! Já fui várias vezes! Só que você mencionou alguns lugares que eu nunca fui como o Horto Florestal e o Museu de Xilogravura. Vou anotar aqui para visitá-los da próxima vez!

    Beijinhos

    http://www.brisadatarde.com

    Curtir

  6. Nossa Jessica!! Amei conhecer seu blog e suas fotos! Minha familia ia bastante para Campos Jordão quando eu era criança. Mas ja faz um tempão que não volto! Adorei as fotos e as dicas… me deu vontade de planejar uma viagem para la !!

    Beijos!

    Curtir

  7. Pingback: Top Blogs da Semana - 18 a 24 de Maio - CBBlogers

  8. Pingback: Love is in the air… Passeios para o grande dia

  9. Pingback: Aproveitando Campos do Jordão sem gastar muito

  10. Yonara disse:

    haa essa cidade é um paraíso, amei as fotos.
    http://www.blogsweetchic.com.br

    Curtir

  11. Pingback: 5 dicas para viajar mais barato |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s